Loading...

Janeiro 23, 2020

Secretário de Estado Adjunto e do Comércio visitou e elogiou a Guimarpeixe

O Secretário de Estado Adjunto e do Comércio visitou, na passada sexta-feira, a empresa Guimarpeixe, em Gondar.

Depois de visitar as instalações, Paulo Ferreira elogiou a gestão de uma empresa de cariz familiar que conquistou o mercado nacional e agora se afirma no mercado internacional, no sector dos produtos congelados.

“Trata-se de uma empresa de sucesso em Portugal e pretende agora afirmar-se no plano internacional, apostando na internacionalização através de produtos de qualidade e, por essa via, chegar a todo o Mundo”, afirmou o governante ao nosso jornal. Paulo Ferreira manifestou o seu apreço por uma PME que “já está a ir muito longe e isso é muito importante porque o tecido empresarial nacional é feito de pequenas e médias empresas e são exemplos como este, da Guimarpeixe, que dão alento a todas as outras para iniciarem processos de internacionalização, apontando em produtos de qualidade”.

O governante elogiou ainda a aposta da Guimarpeixe na energia renovável com mais de 800 painéis solares que permitiram reduzir em cerca de 30% o consumo de energia.

“Este é um bom exemplo de uma empresa que aposta na eficiência energética, diminuindo a fatura de consumo, sendo a energia um fator importante de competitividade para que as empresas possam conseguir colocar os seus produtos no mercado e essa é uma das apostas do Governo”, salientou.

A visita à Guimarpeixe inseriu-se no âmbito de visitas de Paulo Ferreira a outras empresas da região do Vale do Ave.

“Esta é uma forma de governo, ter contacto com o tecido empresarial no terreno tendo por objetivo recolher informação para que possa tomar boas decisões e validar as opções que têm vindo a fazer, no âmbito da capitalização e inovação”, referiu.

As visitas do Secretário de Estado Adjunto e do Comércio foram promovidas pela Adrave com o objetivo de “afirmar a região do Ave como território de excelência e de competitividade”. A Guimarpeixe é uma empresa com 21 anos, dedicando-se à distribuição de produtos congelados. Tem um volume de negócios de 12 milhões de euros, exportando parte significativa dos seus produtos. Emprega perto de nove dezenas de trabalhadores.

Fonte: " "

Partilhar